Sindicato divulga em junho estudo que mostra que acidentes tornam ambiente de trabalho em campo de batalha

postado em: Notícias | 0

Acidentes de trabalho graves e fatais estão transformando ambientes de trabalho em espaços de mutilação e de descaso, alerta o Sindicato dos Metalúrgicos de Osasco e Região, que em 16 de julho, durante a 41ª edição do Ciclo de Debates, vai divulgar estudo sobre acidentes de trabalho ocorridos nas metalúrgicas da região.

A entidade analisou 105 acidentes graves e fatais, ocorridos entre 2008 e 2018. Mais da metade dos acidentados (54,3%) tem até 35 anos de idade. Amputações de dedos e mãos lideram as lesões (31,4%) causadas principalmente por máquinas sem proteção (44,8%).
“Demonstra que vivemos o efeito de uma guerra, onde o ambiente de trabalho é o campo de batalha”, mostra o estudo feito pelo Sindicato, que convoca todos a lutar e agir pela prevenção no local de trabalho.
CICLO DE DEBATES
Neste ano, respeitando o distanciamento social, o tradicional Ciclo que trata de assuntos relacionados a saúde e segurança no local de trabalho vai acontecer de forma virtual pelo aplicativo Zoom e com transmissão ao vivo pela página sindmetal no Facebook.
Além de divulgar os dados do estudo, o encontro vai contar com palestras de três especialistas: Fernanda Giannasi, Antonio Rebouças e Margarida Barreto, com mediação de Gilberto Almazan (Ratinho).
Para participação pelo Zoom, é necessário fazer inscrição até o dia 13 de julho através dos e-mails [email protected]; [email protected] ou WhatsApp (11) 9 6078-0209.
Fonte: Força Sindical